Em entrevista à TV Migalhas, o advogado Luiz Flávio Borges D’Urso, do escritório D’Urso e Borges Advogados Associados, aborda o direito de defesa e suas prerrogativas. Ele afirma que em tempos de Lava Jato existe um olhar diferente para o direito de defesa que é uma garantia histórica. “O cidadão deverá ser preservado quanto possível até que se tenha prova suficiente da sua culpa, para que haja Justiça no sentido de punir quem precisa ser punido, mas preservar quem precisa ser preservado”.

Assista: