Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto – MTST e da Frente Povo Sem medo invadiram, na manhã desta segunda-feira, 16, o triplex no Guarujá – alvo do processo judicial que culminou na prisão do ex-presidente Lula no último dia 7.

O grupo teria quebrado o portão, pulado as grades do edifício e subido até o apartamento, onde pendurou faixas com os dizeres: "Se é do Lula é nosso. Se não é, por que prendeu?". A ocupação ocorreu por volta das 8h30, e a PM foi acionada e iniciou uma negociação para retirar o grupo do local.

Após quatro horas de negociação com a polícia, os manifestantes deixaram o apartamento. Em razão dos danos causados ao edifício, um boletim de ocorrência deve ser registrado, e a PM realizará uma vistoria no triplex.

Condenação

Em julho de 2017, o ex-presidente Lula foi condenado, pelo juiz Federal Sérgio Moro, a nove anos e meio de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro no caso envolvendo o tríplex no Guarujá. Em janeiro deste ano, a 8ª turma do TRF da 4ª região confirmou a condenação e aumentou a pena de Lula para 12 anos e um mês de prisão.

Na madrugada do último dia 5, o plenário do STF negou, por 6 votos a 5, o HC impetrado pela defesa do ex-presidente para evitar a prisão. No mesmo dia, Moro decretou a prisão do ex-presidente, que se entregou à PF dois dias depois.

Confira imagens da ocupação do triplex:

______________

leia mais