A leitora Cláudia de Almeida envia a seguinte mensagem para a seção Gramatigalhas:

"Tenho ouvido, com certa frequência, frases como 'Ele deu um ênfase especial àquele aspecto'. E me parece que deveria ser uma ênfase. Por isso peço socorro das lições do mestre. Obrigada."

1) Uma leitora afirma ter ouvido, com certa frequência, frases como "Ele deu um ênfase especial àquele aspecto". Como lhe parece errada essa forma, indaga qual a correta: um ênfase ou uma ênfase?

2) Ora, sempre é bom lembrar – até para criar no leitor o salutar hábito de um raciocínio que se repete – que, quando se quer saber se uma palavra existe ou não em português, ou mesmo qual é seu gênero, grafia e/ou pronúncia, ou qual o seu plural quando foge à normalidade, deve-se tomar por premissa o fato de que a autoridade para listar oficialmente os vocábulos pertencentes ao nosso idioma e para definir-lhes as demais peculiaridades e circunstâncias, é a Academia Brasileira de Letras.

3) E essa autoridade, a ABL a exerce por via da edição do Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa.

4) Uma simples consulta ao VOLP mostra que ênfase é palavra pertencente ao gênero feminino (uma ênfase, e não um ênfase).

5) Em reposta ao leitor, confiram-se os seguintes exemplos, com a indicação de sua correção ou erronia entre parênteses: a) "Ele deu um ênfase todo especial àquele aspecto" (errado); b) "Ele deu uma ênfase toda especial àquele aspecto" (correto).

outras edições
José Maria da Costa

José Maria da Costa é graduado em Direito, Letras e Pedagogia. Primeiro colocado no concurso de ingresso da Magistratura paulista. Advogado. Mestre e Doutor em Direito pela PUC/SP. Ex-Professor de Língua Latina, de Português do Curso Anglo-Latino de São Paulo, de Linguagem Forense na Escola Paulista de Magistratura, de Direito Civil na Universidade de Ribeirão Preto e na ESA da OAB/SP. Membro da Academia Ribeirãopretana de Letras Jurídicas. Sócio-fundador do escritório Abrahão Issa Neto e José Maria da Costa Sociedade de Advogados.

-