Finda o ano de 2019, e como estão as metas estabelecidas em janeiro, ou até mesmo em dezembro de 2018? Elas foram cumpridas? Provavelmente não. Segundo diversas pesquisas científicas, a grande maioria das resoluções de Ano Novo falham: este não é um fenômeno particular.

A rede social de atletas Strava analisou 31 milhões de atividades realizadas em janeiro de 2017 e descobriu a data para o fim do cumprimento das resoluções de Ano Novo: 12 de janeiro. Além disso, um estudo da Universidade de Scranton descobriu que apenas 8% das pessoas que estabelecem metas anuais as cumprem.

Para driblar as estatísticas e cuidar bem de seu patrimônio daqui em diante, veja as dicas abaixo:

1. Separe o joio do trigo: o que realmente é importante para você?

É fácil se perder nas expectativas alheias e nas convenções sociais. Mas, se o objetivo não for realmente significativo para quem terá de lutar para atingi-lo, dificilmente isso será cumprido.

Sob outra perspectiva, sem esse autoconhecimento, esforços podem ser despendidos em um caminho indesejado. Ademais, resoluções genéricas como “guardar dinheiro” não funcionam. Não é possível mensurá-las, e se não há um uso específico para aquele montante, não há uma motivação forte o suficiente para juntá-lo.

Faça o exercício de listar todos os seus sonhos para sua vida. Essa é a bússola cujo objetivo é guiar suas escolhas e nortear suas aplicações.

2. Transforme o sonho em meta financeira

Quais desses sonhos são mais importantes? Escolha os três mais valiosos e os transforme em metas para 2020. Para isso, é preciso identificar: qual quantia de dinheiro é necessária para se cumprir essa resolução? Quando ela será realizada? É importante existir, para cada uma, não apenas o valor, como também um prazo para o acontecimento e um motivo pelo qual realizá-lo. Essa razão deve ser significativa para você, não para os outros.

Vamos supor que um deles seja ver a aurora boreal na Noruega. Quanto isso vai custar e quando você poderia ou gostaria de ir? Por quê?

3. Estipule marcos menores para um grande percurso

Uma vez definidas as metas anuais, é preciso quebrá-las em metas menores, específicas, mensuráveis, atingíveis e a serem cumpridas com prazos determinados. No caso do sonho de ver a aurora boreal, considere: quando serão compradas as passagens? Quando serão reservadas as estadias? E os passeios? Quanto cada um deles vai custar? Assim é possível se programar para cada compra com metas distintas. Além disso, é aconselhável quebrar esses marcos em valores mensais a serem aplicados.

O simulador do BTG Pactual indica qual é o melhor investimento para você. Acesse e faça uma simulação.

4. Analise seus hábitos: o que precisa mudar?

Os hábitos praticamente regem a vida humana. São mecanismos do cérebro para tornar processos ágeis, indolores e automáticos, gastando o mínimo de energia possível. Ou seja, você os quer a seu favor para chegar aonde precisa.

Se você tem o costume de esperar o fim do mês para ver quanto sobrou do salário, para então investir esse montante, provavelmente esse é um hábito que precisa mudar.

Pensando no exemplo da Noruega, uma vez estabelecido um valor mensal a ser investido, é preciso garantir que ele será aplicado o quanto antes. Para este fim, programe seus investimentos nos sites do banco e da corretora. Assim não se depende do esforço de fazer manualmente essas transferências todos os meses.

5. Trace um plano de contingência

Humanos falham, essa é a realidade. Mas é possível se antecipar e se programar para isso. Quais são os obstáculos que podem te afastar de ver a aurora boreal, por exemplo? Seria o mês de férias ou algum evento familiar anual? São gastos inesperados, como conserto do carro, ou alguma urgência de saúde? Para isso serve a reserva de emergência -- seis meses do seu custo de vida, em uma aplicação de liquidez diária (algo fácil de se resgatar quando preciso).

Pense nos acontecimentos que normalmente te fazem ter gastos extras e se planeje para contornar esses percalços. O ideal é já traçar esse plano de ação: “quando tal coisa acontecer, farei isto”.

6. Cheque periodicamente o andamento das metas

Marque na agenda, crie eventos no calendário online, não importa onde. É crucial ter o compromisso periódico de analisar as conquistas e refazer os trajetos que não estão dando certo.

Pronto para começar a investir? Abra uma conta no BTG Pactual digital e comece a construir seus sonhos.

outras edições