pílulas

sexta-feira, 29/5/2020

Baú migalheiro

Em 29 de maio de 1850, há 170 anos, o pianista Arthur Napoleão, na época com apenas seis anos, deu o seu primeiro recital em público, no teatro São Carlos, em Lisboa. Nascido em Portugal, passou quase toda a vida no Brasil, onde faleceu em 1920. Foi pianista, compositor, editor de partituras musicais, professor e comerciante luso-brasileiro. 

t

Pique-pique

Aos aniversariantes migalheiros do dia, enviamos nosso abraço. E o fazemos em nome do ministro Francisco Falcão, do STJ, que assistirá no sábado às comemorações de seu aniversário.

t

quinta-feira, 28/5/2020

Pique-pique

Aos aniversariantes migalheiros do dia, enviamos nosso abraço. E o fazemos em nome do ministro Ricardo Villas Bôas Cueva, do STJ, que assiste hoje às comemorações de seu aniversário.

t

Baú migalheiro

Em 28 de maio de 1787, há 233 anos, morreu o músico alemão Leopold Mozart, pai do famoso compositor Wolfgang Amadeus Mozart, considerado como um dos maiores compositores de música clássica do mundo ocidental. Foi educado pelos jesuítas e depois ingressou na universidade de Salzburgo onde estudou Filosofia e Direito. Sua mais famosa obra foi o livro Versuch Einer Gründlichen Violinschule. 

t

quarta-feira, 27/5/2020

Instituições

Ao contrário do que se disse, não foi apenas o conhecimento jurídico do governador Witzel que motivou a determinação de busca e apreensão ontem realizados. Basta compulsar o mandado para ver que o MPF apresentou documentação que comprovaria indícios justificadores. E o apanágio do conhecimento jurídico apenas se somou a outros. É forçoso convir que os juízes devem confiar, em grande parte, na afirmação de delegados e promotores ao decretar medidas cautelares. É assim que funciona. Se um delegado diz que fulano, assassino, está em tal endereço, e pede um mandado, como o julgador vai conferir isso? Não tem como. É preciso confiar. O julgador certifica-se de algumas coisas, mas é ato meramente perfunctório.  Nesse sentido, o mandado do ministro Benedito Gonçalves está corretíssimo. Se, no entanto, estamos diante de mera perseguição política, e o MPF está sendo usado, não é coisa que um ministro pode, de antemão, supor. É preciso confiar nas instituições. Se, depois, ficar provado que não havia os indícios afirmados, aí são outros quinhentos. 

t

Baú migalheiro

Em 27 de maio de 1931, Há 89 anos, o físico suíço Auguste Piccard, ao lado do seu assistente Paul Kipfer, decolou de Augsburg, na Alemanha, e fez voo de balão até a estratosfera terrestre, atingindo altitude recorde de 15.785 metros. Durante o voo, Piccard reuniu considerável material sobre a atmosfera superior da Terra e também fazer a medição de alguns raios cósmicos. O capitão da Frota Estrelar, da série de ficção Jornadas nas Estrelas, Jean-Luc Picard, recebeu este nome em homenagem ao cientista suíço.

t

terça-feira, 26/5/2020

Baú migalheiro

Em 26 de maio de 1818, há 202 anos, D. João VI assinou decreto criando um museu no Rio de Janeiro, a ser estabelecido em um prédio do Campo de Santana. Foi a origem do atual Museu Nacional, instalado depois no Palácio de São Cristóvão. O museu foi fundado em 6 de junho do mesmo ano, sob a denominação de Museu Real. Em 2 de setembro de 2018 um grande incêndio destruiu o prédio. 

t

segunda-feira, 25/5/2020

Duce tupiniquim

Falando em guerra, o presidente da República falou em armar a população. Disse que um povo armado é a garantia contra ditadores. Pois bem migalheiros, vejam agora a manchete do Correio da Manhã de agosto de 1937: “Mussolini diz que só um povo armado é forte e livre”.

 t

Baú migalheiro

Em 25 de maio de 1521, há 499 anos, foi proclamado, em Worms, o Édito de Worms, que proibio os escritos do teólogo alemão Martinho Lutero e o condenou como inimigo do Estado. Da mesma forma, foi permitido que qualquer pessoa matasse Lutero sem sofrer consequências penais. O édito foi um ato que provocou agitação até mesmo nos mais moderados.

t

Pique-pique

Aos aniversariantes migalheiros do dia, enviamos nosso abraço. E o fazemos em nome da ilustre ministra Maria Helena Mallmann, do TST, que assiste hoje às comemorações de seu aniversário.

t

anterior
-