Direitos Humanos

OAB/SP condena assassinato de moradores de rua

A comissão de Direitos Humanos da OAB/SP condenou o assassinato de dois moradores de rua, na Zona Leste de São Paulo, em nota pública divulgada na última sexta-feira, 26/3, na qual repudia o assassinato a pauladas de dois moradores de rua na Praça Presidente Kennedy, Zona Leste de São Paulo.

De acordo com o presidente da OAB/SP, Luiz Flávio Borges D'Urso, a sociedade não pode ser indiferente a uma tragédia dessa proporção e desumanidade. Ele lembra, por meio da nota, que os moradores de rua são estigmatizados e sofrem com segregação e discriminação de toda ordem.

"Não cabe à sociedade fazer julgamentos morais, mas assegurar a todos, indistintamente, os direitos fundamentais da pessoa humana, a começar pelos direitos à vida e à dignidade. As profundas desigualdades provocam desintegração social, questão sob a qual não devemos transigir em nome da valorização da cidadania e do bem-estar social", esclarece.

__________________

 

 

 

 

 

____________________

 

 

-