Apoio

Magistrados aposentados prestam trabalho voluntário no TJ/SP

O presidente do TJ/SP, desembargador Antonio Carlos Viana Santos, recebeu ontem, 20/7, o Grupo de Apoio ao Judiciário (GAJ), formado por magistrados aposentados.

No encontro, alguns integrantes do grupo, entre eles os desembargadores Gilberto Passos de Freitas, Antonio Raphael Silva Salvador, Luiz Fernando Gama Pellegrini, Laercio Laurelli e Ubiratan de Arruda, falaram sobre as atividades do grupo e pediram o apoio da presidência para implantação do trabalho no foro Distrital de Bertioga, projeto piloto que, pretendem os integrantes do GAJ, poderá ser estendido a outros foros e comarcas do interior.

Novidade

O GAJ foi criado em janeiro deste ano, a partir da publicação da Resolução 285/2010 para a prestação de serviços voluntários ao Poder Judiciário e objetiva auxiliar na agilização dos julgamentos e diminuição do volume de processos. Depois de apresentarem as iniciativas do GAJ aos presidentes das Seções de Direito Público, Privado e Criminal, seus integrantes trouxeram hoje ao presidente do TJSP as primeiras experiências postas em prática, com atuação inclusive no Arquivo do Ipiranga.

Segundo Laercio Laurelli, o GAJ recebeu o apoio e reconhecimento do presidente Viana Santos. "Os aposentados sentem que ainda podem contribuir. Quando um desembargador se aposenta, muitos acreditam que não há mais nada a fazer pelo Judiciário, mas é justamente o contrário. Podemos ajudar, e muito, com nossa experiência profissional e pessoal", diz Laurelli. Para ele, a prática do voluntariado é comum entre os magistrados dos Estados Unidos. E o GAJ não titubeou: para a troca de experiências com os americanos, o grupo programou uma videoconferência para o próximo 26/8.

Os anseios e pretensões do GAJ só se tornaram realidade graças aos apoio recebido do presidente da APAMAGIS - Associação Paulista de Magistrados. O grupo se reúne todas às quartas-feiras, às 12h, na sede da entidade (r. Tabatinguera, 140, Centro). Os interessados em participar podem comparecer às reuniões ou entrar em contato por meio de formulário disponível no site GAJ (clique aqui). O GAJ é presidido por Gilberto Passos de Freitas, ex-corregedor-geral da Justiça.

_______________