A mordida do jogador Luis Suárez no italiano Chiellini deu o que falar. O cartão vermelho da FIFA para o uruguaio considerou que "tal comportamento não pode ser tolerado em nenhum campo de futebol, sobretudo em uma Copa do Mundo, quando os olhos de milhões de pessoas estão voltados para os astros no gramado", de acordo com o presidente do Comitê Disciplinar da FIFA, Claudio Sulser.

"O Comitê Disciplinar da FIFA tomou uma decisão no caso relacionado ao atacante uruguaio Luis Suárez após um incidente ocorrido durante a partida da Copa do Mundo da FIFA™ disputada entre Itália e Uruguai no dia 24 de junho de 2014.

O Comitê Disciplinar da FIFA decidiu que:

· Suárez violou os artigos 48, par. 1º, alínea "d" ("agressão") e 57 ("comportamento antidesportivo para com outro jogador") do Código Discplinar da FIFA;

· O jogador Luis Suárez deverá cumprir suspensão de nove partidas oficiais, a primeira delas a ser observada no jogo entre Colômbia e Uruguai pelas oitavas de final da Copa do Mundo da FIFA™ no dia 28 de junho de 2014. As demais deverão ser cumpridas na(s) próxima(s) partida(s) do Uruguai no torneio, se a seleção se classificar, e/ou nos jogos oficiais subsequentes, nos termos do artigo 38, par. 2º, alínea "a" do Código Disciplinar da FIFA;

· O jogador Luis Suárez está proibidio de participar de qualquer atividade relacionada ao futebol (administrativa, esportiva ou qualquer outra) pelo período de quatro meses, de acordo com o artigo 22 do Código Disciplinar da FIFA.

· Uma proibição de frequentar estádios foi imposta ao jogador Luis Suárez em conformidade com o artigo 21 do Código Disciplinar da FIFA nos seguintes termos: Suárez está proibido de adentrar as dependências de qualquer estádio durante o período de banimento (item 3). Suárez está proibidio de adentrar as dependências de qualquer estádio no qual a seleção do Uruguai esteja jogando enquanto cumprir as nove partidas de suspensão (item 2).

· O jogador Luis Suárez foi condenado a pagar multa no valor de 100 mil francos suíços."

Veja os dispositivos citados pela entidade para respaldar a decisão.

"21 Stadium ban

A stadium ban prohibits someone from entering the con?nes of one or several stadiums.

22 Ban on taking part in any football-related activity

A person may be banned from taking part in any kind of football-related activity (administrative, sports or any other)."

Acerca do caso, a Rede Latino-americana de Juízes, com magistrados representantes de 19 países, divulgou o seguinte comunicado com reflexões sobre o tema.

-