O ministro Dias Toffoli, presidente do STF, encaminhou ofício à procuradora-Geral da República, Raquel Dodge, e ao ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, pedindo que sejam adotadas providências quanto aos fatos ocorridos em voo com o ministro Ricardo Lewandowski.

t

“Solicito que sejam adotadas as providências cabíveis quanto aos fatos narrados pela Secretaria de Segurança desta Corte (em anexo) e consistentes em ofensas dirigidas ao Supremo Tribunal Federal, ocorridos, na data de ontem (04/12/2018), com o Senhor Ministro Ricardo Lewandowski, emvoo comercial que partiu de São Paulo com destino à Brasília.”

Nesta semana, o ministro Lewandowski passou por um agastamento em voo de São Paulo para Brasília. Um passageiro provocou o ministro bradando críticas ao Supremo. Após o pouso, o jovem foi levado à superintendência da PF para prestar esclarecimentos.

Veja a íntegra dos ofícios.

leia mais