t

Considerado um dos mais importantes advogados do país, Francisco Müssnich, da banca BMA – Barbosa, Müssnich, Aragão, divide com o leitor o conhecimento que acumulou ao longo de mais de 40 anos de profissão na obra "Cartas a um Jovem Advogado" (Sextante-142p), para ajudar futuros advogados a construir as bases de uma carreira sólida e bem-sucedida.

Discutindo temas como tendências de mercado, a importância da diversificação do conhecimento, o temido exame da Ordem, as diferentes possibilidades de atuação, os desafios e os dilemas éticos enfrentados pelos advogados no dia a dia, Francisco oferece uma perspectiva realista a respeito da prática profissional.

"O leitor encontrará aqui a visão do Direito pela lente de Chico Müssnich, que compartilha sua experiência profissional e apresenta uma visão moderna e muitas vezes pioneira da advocacia. O jovem advogado tem em mãos a oportunidade de refletir a respeito dos conselhos dados por um profissional entusiasmado, experiente e reconhecido, cuja atuação representa a quebra de alguns paradigmas na advocacia tradicional e empresarial do Brasil". Luiz Antonio Campos

Em 29 capítulos curtos, ele transmite os princípios e as convicções que norteiam sua carreira, ao mesmo tempo que relata histórias pessoais numa conversa leve e despretensiosa.

Assista o vídeo sobre a obra:

Sobre o autor:

tFrancisco Müssnich é sócio da banca BMA – Barbosa, Müssnich, Aragão. Professor em Direito Societário, na Faculdade de Direito da PUC/RJ desde 1981, da Escola de Direito da FGV desde 2005 e da Vanderbilt Law School desde 2010 onde leciona o curso International Mergers and Acquisitions. Integra o Conselho dos Editores do M&A Lawyer um jornal sobre fusões e aquisições de abrangência mundial. Chico é ainda Membro do Conselho do WWF (WorldWildlife Fund) e da Orquestra Sinfônica Brasileira – OSB. Em 2013, foi membro da Comissão Especial Externa do Senado, presidida pelo Ministro Luis Felipe Salomão, encarregada da elaboração de Anteprojeto de Lei de Arbitragem e Mediação, que resultou na reforma da Lei de Arbitragem brasileira por meio da promulgação da lei 13.129/2015. Atua como árbitro na Court of Arbitration for Sport – CAS tendo sido o advogado líder do Comitê Organizador Brasileiro da Copa do Mundo da FIFA de 2014. Em 2016, foi o único brasileiro nomeado entre os 12 advogados que integraram como árbitros a corte ad hoc do CAS. Ele é membro da OAB, nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Distrito Federal, e foi convidado a representar a “Fondation pour le Droit Continental”, no Brasil.

 

__________

Ganhadores:

Weverton Ayres Fernandes da Silva, de Goiânia/GO; e

Vanessa Cristina da Silva, advogada em Jundiaí/SP

___________