Durante o VII Fórum Jurídico de Lisboa, o ministro João Otávio de Noronha, presidente do STJ, falou à TV Migalhas e defendeu o foro por prerrogativa de função para membros do Judiciário.

t

“Seria razoável o juiz julgar o desembargador que o promove, que vota na sua promoção? Seria razoável o juiz julgar o desembargador que foi corregedor e o puniu?”, questionou o ministro.

Noronha também se manifestou em favor da concessão de aposentadoria integral para magistrados.

Confira a entrevista:

Veja a programação completa do evento.

Acompanhe nosso site e nossas redes sociais e saiba sobre tudo que é discutido no evento.

t

leia mais

-