tA obra "Curso básico de Direito Arbitral" (Juruá - 5ª edição - 253p.), escrito por Joaquim de Paiva Muniz, advogado do escritório Trench, Rossi e Watanabe Advogadosprocura suprir um nicho específico da bibliografia de arbitragem.

Uma boa pergunta que se pode fazer, diante desta obra, é a seguinte: por que escrever mais um livro sobre arbi­tragem, se já existem tantos trabalhos, alguns de excelente qualidade?

De fato, há ótimos tratados sobre arbitragem e comentários à lei, bem como excelentes livros com uma visão resumida da matéria, sem contar as várias teses de mestrado e doutorado, de enorme relevância, aprofundando temas específicos.

Este livro, contudo, procura suprir um nicho específico da bibliografia de arbitragem: um manual que possa ser utilizado facilmente por aqueles que ainda estão se acostu­mando ao mundo arbitral, mas que contenha o resultado de grande parte das pesquisas necessárias para a advoca­cia na área.

Uma obra de cunho prático e com linguagem acessível, destinada a todos os profissionais que venham a atuar em processos arbitrais, sejam eles especialistas ou não em ar­bitragem. Se pudéssemos resumir o propósito deste livro, seria servir como referência para que alguém, participando de arbitragem, possa encontrar, rapidamente, uma resposta direta e didática para as questões que possa enfrentar.

Sobre o autor :

Joaquim de Paiva Muniz é mestre em Direito pela Universidade de Chicago; membro, presidente da Comissão de Arbitragem da OAB/RJ; diretor do Centro Brasileiro de Mediação e Arbitragem; membro da lista de árbitros da FIESP, CBMA, CAMARB e CAMFIEP; membro do Chartered Institute of Arbitrators. Advogado do escritório Trench, Rossi e Watanabe Advogados..

__________

Ganhadora:

Noemi Adelaide Flor Fonseca Oliveira, de Joinville/SC

__________

-