t

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, quando perguntado acerca da malfadada Fundação Lava Jato - aquela com a qual a força-tarefa de Curitiba pretendia gerir um orçamento bilionário voltando para "políticas públicas" - vaticinou que a entidade era "um partido político que o Dallagnol queria criar".

Há cerca de três semanas, o ministro Alexandre de Moraes homologou acordo para utilização do Fundo bilionário da Petrobras, verba obtida pela operação Lava Jato. Moraes também suspendeu os efeitos de acordo firmado entre a Petrobras e procuradores do MPF em Curitiba. A negociação é resultado de um primeiro acordo entre a Petrobras e autoridades dos EUA relacionada à perda de acionistas devido a ilícitos investigados na Lava Jato, o que gerou o montante de R$ 2,5 bilhões.

Em entrevista exclusiva ao Migalhas, diretamente da sede da PF em Curitiba, Lula ainda disse acreditar que o Departamento de Justiça dos EUA "está envolvido até os dentes na orientação da Lava Jato". "Para os americanos, o Brasil tem que ser o bobão da América Latina", concluiu.

  • Veja abaixo:

t

leia mais