Em 22 de abril, durante a reunião ministerial, o presidente Bolsonaro diz que não vai esperar que sua família ou amigos sejam prejudicados se não puder trocar alguém da "Segurança" do Rio de Janeiro. 

"Eu não vou esperar f... a minha família toda, de sacanagem, ou amigos meu, porque eu não posso trocar alguém da Segurança na ponta da linha que pertence a estrutura nossa. Vai trocar! Se não puder trocar, troca o chefe dele! Não pode trocar o chefe dele? Troca o ministro! E ponto final! Não estamos aqui pra brincadeira." 

leia mais

-