O desembargador Alexandre Bastos, do TJ/MS, instituiu o uso de práticas sustentáveis que reduzam ao máximo a utilização de papel em seu gabinete. O magistrado também disponibilizou um número de WhatsApp para se comunicar com advogados sem usar papel.

De acordo com o desembargador, a inovação é uma forma de incentivar práticas sustentáveis e de estreitar a comunicação com advogados, já que a partir do uso do aplicativo de mensagens é possível enviar e receber memoriais e apontamentos referentes a processos. "Eles também poderão comunicar-se comigo, por exemplo, para pedir uma celeridade em processos que tenham prioridades/urgências", afirma o magistrado.

Segundo Bastos, para informar os jurisdicionados sobre a iniciativa, os votos que saírem da sala do desembargador receberão o selo "Gabinete Sem Papel". Os documentos também contarão com o número do WhatsApp no rodapé para que os advogados possam entrar em contato com o magistrado.

O desembargador também afirma que, apesar da iniciativa, os causídicos que entregarem memoriais em papel terão os documentos recebidos no gabinete da mesma forma. "Na verdade, estou abrindo mais uma alternativa de comunicação, mantendo todas as demais", explica o magistrado.

Informações: TJ/MS

leia mais