A juíza de Direito Flávia de Almeida Viveiros de Castro, da 6ª vara Cível da Regional da Barra da Tijuca no RJ, pede, em cartaz fixado no local, que os advogados se dirijam ao seu gabinete caso tenham petição para juntar há mais de dez dias ou não sejam atendidos com cortesia no balcão da vara.

"Os advogados reclamam que os processos demoram e não são atendidos corretamente, então essa foi uma forma que eu encontrei e arrumar a casa e tem dado certo", afirma a juíza. Ela comenta que chegou a mudar seu gabinete para o cartório durante alguns dias e que durante esses dias tudo "fluiu muito bem", mas como não pode ficar no local o tempo todo precisou adotar outra forma de fiscalização.

Os cartazes foram colocados na 6ª vara no dia 7/1. De acordo com a magistrada, ela recebe a visita de advogados todos os dias. "Um ou dois advogados vem fazer algum tipo de colocação todos os dias, foi uma maneira que encontrei de me aproximar ainda mais deles", ressalta.

A juíza ainda salienta que essa é uma forma de colocar em prática um trabalho colaborativo para que o sistema seja mais rápido de um modo geral. "O cartório diz que tudo está dentro do prazo, o advogado que está demorando demais; com essa aproximação, o advogado se torna o melhor e o maior fiscalizador, é um trabalho colaborativo", afirma.

leia mais

-