O programa Pânico na Band deve retirar programas e quadros que contenham a personagem "Gloria Fezes" de seu site e das redes sociais. Decisão é da 12ª câmara Cível do TJ/RJ, que entendeu ter havido falta de bom senso no trocadilho com o nome de Gloria Perez.

A autora de novelas ajuizou ação pleiteando que a emissora deixe de veicular o quadro em que a personagem aparece, bem como retire todo conteúdo alusivo a ela da internet. Segundo Gloria Perez, durante a novela Salve Jorge, ela teria sido retratada como uma pessoa com hábitos extremamente questionáveis.

Para o desembargador Mario Guimarães Neto, relator, "o trocadilho do nome 'Gloria Perez' por ‘Glória Fezes’ é inadmissível e extrapola, de fato, todos os limites do bom senso, do espirito que deve nortear a imprensa".

Em seu voto, o magistrado determinou a retirada do conteúdo veiculado através de sites e redes sociais, no entanto, destacou não ser possível condenar a emissora a se abster de citar o nome da autora, já que se trata de pessoa pública.

Confira a decisão.

leia mais

-