A chegada de novas gerações no ambiente de trabalho é a principal influência nas futuras carreiras profissionais, de acordo com 43% dos diretores de Recursos Humanos, entrevistados em pesquisa da Robert Half que apontou outras seis tendências. "Os jovens são mais antenados e dinâmicos, beneficiando as empresas com diferentes pontos de vista. Porém, esses mesmos profissionais tendem a ter a expectativa de que as coisas aconteçam rápido demais e algumas vezes se frustram", diz Mário Custódio, gerente de divisão da Robert Half,

O avanço da tecnologia aparece em segundo lugar no levantamento (41%), seguido das mudanças demográficas (36%), entre as quais a conquista de cargos de alto escalão por profissionais cada vez mais jovens. “O rápido acesso à informação e as facilidades de comunicação ajudam em todos os aspectos, pois otimiza o trabalho e contribui para a produtividade. Mas, em alguns casos, pode gerar acomodação nas iniciativas”, explica Custódio.

O estudo da Robert Half indica como demais fatores o aumento do volume de informações (30%), a globalização (27%), as iniciativas de sustentabilidade (24%) e aumento de diversidade/ pressões sociais (18%). “O mundo profissional está em constante mudança, então, é fundamental a capacidade de adaptação do profissional e das empresas”, finalizou Mário Custódio.

Confira abaixo os aspectos que terão influência sobre a carreira dos profissionais no ambiente de trabalho:

_________________