A obra "Neurociência e Direito Penal" (Atlas – 292p.), organizada por Paulo César Busato, reúne artigos elaborados por penalistas que trouxeram para o cenário brasileiro discussões do dogmático jurídico penal europeu.

O estudo de Direito Penal é constantemente surpreendido pelas ciências naturais, que fazem reacender as vozes que clamam por afirmar as responsabilidades penais a partir de condicionamentos explicativos. Dentro deste quadro, as perspectivas preventivas tomam forma de sistemas de cautela e segurança, tributárias da periculosidade social.

O desenvolvimento das ciências sociais caminha para a adoção de fórmulas compreensivas, onde o ontológico e o normativo se mesclam segundo uma dimensão compreensiva de sentido comunicativo, convocando outros fatores a serem levados em consideração para a formulação das políticas criminais.

Os debates contidos no livro levam detalhes na questão da liberdade de agir e a responsabilidade por tais escolhas, e oferecem, portanto, farto manancial argumentativo.

Sobre o autor :

Paulo César Busato é professor de graduação, mestrado e doutorado de Direito Penal da UFPR. Professor de Direito Penal da FAE e procurador da Justiça do MP/PR.

__________


Ganhadora
:

Miriany Lacerda Pegas, advogada em Arcos/MG

__________

EDITORA ATLAS SA