Os ministros Gilmar Mendes e Dias Toffoli comentaram a operação Carne Fraca na sessão da 2ª turma do STF nesta tarde, 21. Gilmar Mendes criticou a atuação do delegado da PF que comanda a investigação.

"Um delegado decide fazer operação com mil e tantos agentes para investigar. Anuncia que todos nós estamos comendo carne podre e o Brasil exportando para o mundo carne viciada. No quadro de debilidade da política, perderam os freios. Não há mais freios e contrapesos. Quem há de investigá-lo? E ele 'só' deu prejuízo de 30 bilhões."

Por sua vez, o ministro Toffoli afirmou:

"Nós, do Poder Judiciário, ao conduzir e supervisionar as investigações, temos que realmente evitar as pirotecnias feitas, que afrontam a CF. Sem contraditório e ampla defesa estão colocando pessoas e setores da economia inteiros sob suspeita. Se todos comêssemos carne podre, não estaríamos aqui na sessão, estaríamos no hospital. Os milhões de brasileiros que diariamente comem carne. É um setor que gera seis milhões de empregos. Olha do que estamos falando. Com repercussões internacionais em mais de 150 países."

  • Ouça a manifestação do ministro Toffoli, que veio na esteira de críticas a vazamentos na Lava Jato.