Em nota à imprensa divulgada nesta segunda-feira, 19, os empresários Joesley e Wesley Batista negaram que estejam negociando delação envolvendo membros do Judiciário.

Declaração veio após o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, informar, no domingo, 18, que os irmãos estariam tentando ampliar seus acordos.

Na nota, os irmãos afirmam que a notícia é mentirosa. "Não há fatos novos a acrescentar ao que já foi revelado", diz o texto, enfatizando que "nunca houve qualquer ilícito relativo ao Poder Judiciário". Veja a íntegra:

Horas depois da publicação, o jornal atualizou a matéria com a seguinte nota da assessoria dos irmãos Batista:

"A defesa de Joesley e Wesley Batista nega enfaticamente que esteja tentando ampliar o acordo de colaboração premiada. Afirma também que não procede a informação de que eles teriam intenção de apontar qualquer relato envolvendo o Poder Judiciário. A defesa repudia qualquer ilação a esse respeito. Os empresários, que relataram tudo o que sabem, continuam à disposição das autoridades para prestar eventuais novos esclarecimentos."

leia mais